sexta-feira, 26 de março de 2010

Abertura e Hino Nacional


A abertura, simplesmente dita, de uma cerimônia de Colação de Grau é, via de regra, feita pelo Mestre de Cerimônias, da mesma maneira que é quem normalmente abre quase todo tipo de evento. Mas existe também a abertura protocolar, onde há, geralmente, um texto predefinido pela instituição de ensino, que deve ser pronunciado pela autoridade que estiver presidindo a solenidade.
“Como Reitor da Universidade ... e no uso das atribuições que me são conferidas regimentalmente, declaro oficialmente aberta esta sessão solene de Colação de Grau.” “Declaro aberta esta sessão solene de imposição de grau.” “Nos termos da legislação educacional em vigor e em consonância com os dispositivos regimentais, declaro abertos os trabalhos desta sessão solene que tem por fim conceder o grau de ...”
São alguns exemplos de textos de abertura de eventos do tipo.
Também pode acontecer de ser incluída na texto de abertura, feito pelo presidente, o pedido para que todos fiquem de pé para a execução do Hino Nacional Brasileiro, ou que tal convocação seja feita pelo Mestre de Cerimônias. Quanto ao Hino falaremos na próxima postagem.
A importância da abertura protocolar é porque a solenidade de Colação de Grau é uma reunião do Colegiado Universitário, com local e hora marcados, um presidente que abre oficialmente a reunião e, após encerrados os assuntos, declara encerrada a mesma. Para o encerramento também pode variar o texto prévio, mas em geral termina com:
“declaro encerrada esta sessão de Colação de Grau.”
O presidente do evento, que faz a declaração de abertura e de encerramento, em geral é a pessoa de maior autoridade universitária presente e deve, como manda a ordem de precedência, ocupar a posição no meio da mesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário