sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Imagens do tumulto provocado na Câmara

Com o profissionalismo reconhecido por todos, o blogueiro e jornalista Ricardo André nos traz imagens do tumulto na Câmara de Campos, durante a posse do prefeito interino.
O povo tinha que ter consciência e abrir os olhos para perceber que toda aquela baderna, desrespeito e ilegalidade, inclusive de alguns edis, foi provocado por Garotinho e por Rosinha que incitaram o povo, inflamaram os ânimos e mostraram o pavor que têm, quanto ao povo descobrir o que há por trás da caótica situação financeira vivida hoje por nosso município.
Veja o blog do Ricardo André.

Atualizado às 21h44: O blog do Marcelo Martins também traz boas imagens.

Voltou

A decisão liminar manteve a prefeita no cargo por 30 dias.
Isto significa dizer que dentro de um mês teremos nova batalha, nova ocupação do Cesec, nova posse de prefeito interino, novas agressões verbais e físicas?
Significa dizer que a quase totalidade de contratados e DAS deixarão seus postos (aqueles que realmente os ocupam) para novas manifestações "espontâneas" de apoio?

Limite

Qual é o limite entre a resistência de uma guerreira e uma insurgência de uma baderneira?

Qual a diferença de uma pessoa que, ameaçada por ilegalidade, clama por justiça e outra que, sob a pressão da justiça prega o desrespeito às leis?

O próprio povo que está a seu favor pode achar que a lei, a ordem e a decisão judicial tem que ser respeitada.

E o tiro pode ser no próprio pé.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Cassados

Site oficial do Tribunal Regional Eleitoral do Estado Rio de Janeiro:

Para maiores detalhes basta clicar aqui para acessar a página do TRE-RJ.

Mostra Tecnológica para Estágio e Emprego

Conforme prometido, trazemos novas e mais completas informações sobre Estagio e Emprego, com informações da Ascom da Uenf:



Em realização conjunta do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da UENF e Prefeitura de Campos, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Petróleo, acontece na próxima terça e quarta, 04 e 05/10, das 14h às 20h, no Centro de Convenções, a 1ª Mostra Tecnológica para Estágio e Emprego de Campos.
A mostra pretende promover o encontro entre oferta e demanda de mão de obra, reunindo num mesmo espaço organizações ou empresas que atuem na área de formação, qualificação ou recrutamento de recursos humanos e estudantes ou profissionais interessados em vagas de emprego, estágio ou trainee. Os visitantes poderão assistir a palestras e participar de minicursos e oficinas.
Para o diretor do CCT/UENF, professor Edmilson José Maria, o evento possibilita o encontro destinado aos temas relacionados a trabalho, emprego, empreendedorismo e qualificação profissional.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

"Toda unanimidade é burra"

Acabei de ler uma previsão, no mínimo curiosíssima, de que certo grupo teria condição de ocupar TODAS as cadeiras na Câmara Municipal.
Não sei por que, imediatamente me veio à mente uma frase do polêmico Nelson Rodrigues:
"Toda unanimidade é burra"

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Emprego e estágio

A Uenf estará recebendo nos próximos dias 04 e 05, no seu Centro de Convenções, um grande evento que vai tratar de estágios e empregos.
A iniciativa é do Prof. Edmilson José Maria, diretor do CCT da Uenf e vai contar com um grande apoio de uma Secretaria Municipal de Campos.
Tão logo tenhamos mais detalhes, traremos para cá.

sábado, 24 de setembro de 2011

DESPEDIDA DO TREMA


É uma tremenda aula de criatividade e bom humor, por sinal, com acentuada inteligência. A consequência não poderia ser outra: uma agradável leitura...
Com envio da atenta Gianna Barcelos

 DESPEDIDA DO TREMA

Estou indo embora. Não há mais lugar para mim. Eu sou o trema. Você pode nunca ter reparado em mim, mas eu estava sempre ali, na Anhangüera, nos aqüíferos, nas lingüiças e seus trocadilhos por mais de quatrocentos e cinqüentas anos.
Mas os tempos mudaram. Inventaram uma tal de reforma ortográfica e eu simplesmente tô fora. Fui expulso pra sempre do dicionário. Seus ingratos! Isso é uma delinqüência de lingüistas grandiloqüentes!...
O resto dos pontos e o alfabeto não me deram o menor apoio... A letra U se disse aliviada porque vou finalmente sair de cima dela. Os dois pontos disse que eu sou um preguiçoso que trabalha deitado enquanto ele fica em pé.
Até o cedilha foi a favor da minha expulsão, aquele C cagão que fica se passando por S e nunca tem coragem de iniciar uma palavra. E também tem aquele obeso do O e o anoréxico do I. Desesperado, tentei chamar o ponto final pra trabalharmos juntos, fazendo um bico de reticências, mas ele negou, sempre encerrando logo todas as discussões. Será que se deixar um topete moicano posso me passar por aspas?... A verdade é que estou fora de moda. Quem está na moda são os estrangeiros, é o K e o W, "Kkk" pra cá, "www" pra lá.
Até o jogo da velha, que ninguém nunca ligou, virou celebridade nesse tal de Twitter, que aliás, deveria se chamar TÜITER. Chega de argüição, mas estejam certos, seus moderninhos: haverá conseqüências! Chega de piadinhas dizendo que estou "tremendo" de medo. Tudo bem, vou-me embora da língua portuguesa. Foi bom enquanto durou. Vou para o alemão, lá eles adoram os tremas. E um dia vocês sentirão saudades. E não vão agüentar!...
Nós nos veremos nos livros antigos. Saio da língua para entrar na história.

Adeus,
Trema.


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

UMA HORA

Atenção, muita atenção!!!


Notícia urgente!!!


A CBF acaba de determinar que a partir da próxima rodada, os jogos do Flamengo serão remarcados para às 13 horas.



A mudança é para ver se UMA HORA ele ganha de alguém!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Com alteração nossa

Dubiedade

Encontramos hoje na página principal do UOL a seguinte chamada:
Quando clicamos para ler a matéria, aparece a seguinte manchete:
Tanto pela chamada quanto pela manchete, não é possível saber se era o assaltado estava com uma criança no colo ou se eram os assaltantes que estavam com a criança.

Só quando chegamos ao texto é que podemos finalmente compreender que:
"Um homem que levava uma criança no colo foi assaltado por dois homens, na última terça-feira (20), na zona sul de São Paulo."

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Consertaram. Parabéns!

Há algum tempo publicamos aqui fotos de um hotel que ostentava bandeiras numa ordem equivocada.

Para nossa satisfação, ontem passamos por lá e reparamos que nossa intervenção deu frutos e que a ordem foi alterada, passando a estar corretamente colocadas.
Veja a foto atual.

Para quem manda comentários e/ou e-mails dizendo que estou malhando em ferro frio, eis uma boa resposta.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Erro de bandeiras em Búzios

Em Búzios encontramos um prédio de dois pavimentos, cuja parte de baixo abrigava uma agência de um Banco e uma drogaria. Na parte de cima havia duas bandeiras: a do nosso País e a do Estado do Rio de Janeiro. A ordem estava invertida, como todos podem ver.
Como não me contenho, entrei no Banco, pedi para falar com o gerente ou alguém que pudesse me atender e disse qual era o assunto, mas não apareceu ninguém para me atender. Paciência: vai continuar errado.
O correto, já que estão em número par, era a Bandeira do Brasil estar do lado direito.
Para melhor visualização, postagem ao lado a agencia do Bradesco - Pelinca - onde também existem as mesmas bandeiras, só que nos lugares corretos:
quantidade par, a mais importante ocupa o centro-direito, tendo à sua esquerda a segunda mais importante.
Aliás, até hoje não vimos erro em nenhuma agência do Banco Bradesco.

Abertura de Congresso

Estivemos, no último dia 19, conduzindo a  Cerimônia de Abertura do XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal e XIVª Reunião Latino-Americana de Fisiologia Vegetal, cujo tema é Mudanças Climáticas Globais: do Gene à planta.
O evento acontece até amanhã no Hotel Atlântico Búzios, em Búzios, RJ.
Eu tive uma grande surpresa, pois não imaginava que tanta gente se interessasse tanto pelo assunto - estudar plantas - e pude constatar que aproximadamente 1000 pessoas lotavam o auditório.  
A Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal - SBFV - estava, na oportunidade, comemorando seu Jubileu, e prestou homenagens a todos os seus ex-presidentes. 
E como estávamos por lá, não deixamos passar mais um equívoco relacionado a bandeiras, mas isso fica para a próxima postagem.


domingo, 18 de setembro de 2011

Uma leitora do blog nos alertou e fomos até lá para conferir uma faixa com um anúncio curioso:

Apartamento sendo vendido para "fins comerciais"
Então quer dizer que uma pessoa compra o imóvel da outra, mas fica obrigado a dar ao que passou a ser sua propriedade, o que o antigo dono deseja? E se aquele que comprou o imóvel para fazer ali um escritório, por exemplo, resolver no dia seguinte tranformá-lo em sua residência, não pode?
Teria o vendedor o objetivo de onerar o preço por se tratar de um imóvel comercial?
Por que se o prédio já é residencial?
Na semana passada, já com uma imobilização no braço, estivemos em São João da Barra e não deixamos passar em branco, um erro relacionado às bandeiras que encontramos.
Figura original

Vemos a Bandeira do Brasil em um mastro maior que os outros e isso não está errado. Vemos também que existem cinco mastros e se lá estivessem colocadas cinco bandeiras, a posição da Bandeira Nacional estaria correta. Mas a do Estado do Rio estaria errada se fossem cinco e está errada, assim como a do Brasil, em número de quatro. O prédio tem uma placa do IFF mas não há uma bandeira da instituição.
alertamos que a nossa visão quando fotografamos é diferente da de um Cerimonialista colocando as bandeiras nos mastros, vemos, além das duas já citadas, uma bandeira do município e uma outra que não conseguimos identificar.
Figura criada com a Bandeira do IFF
 A ordem, do ponto de vista do público está, da esquerda para a direita:
Município, Instituição não identificada, Brasil e RJ; acreditamos que a última seria a do IFF.

A posição correta precisa ser definida sob o ponto de vista do Cerimonial (de frente para o público) e sob esse prisma teria que estar, da esquerda para a direita:


IFF (admitindo que existisse lá), RJ, Brasil, Município e  Instituição não identificada.
Correta, supondo-se 5 bandeiras

Por que? Porque a do Brasil estaria no meio (indiscutível), à sua direita a do Estado do RJ, à esquerda da do Brasil o Município de S. J. da Barra, à direita da bandeira do Estado, a do IFF e, considerando a bandeira que não identificamos como de uma instituição menor que o IFF, sendo a última.

Caso sejam mantidas apenas as quatro bandeiras, a ordem mudaria e para que ficasse correta, teria que ser colocada: (lembrando que é sob o ponto de vista de alguém que está de frente para a rua:
- da esquerda para a direita: Municipio, Brasil, Estado e Instituição.
Posicionamento correto - supondo-se 4 bandeiras
     












 Ao lado do prédio que fotografamos, existe a Delegacia que, conforme podemos ver, ostenta três bandeiras que estão colocadas na ordem correta.
A nossa única observação é com relação ao local onde estão os mastros, pois deveriam ter sido colocados do lado direito da entrada principal, mas foram instalados e estão do lado esquerdo.

Por que não?

Perguntinha básica enviada pela amiga Djanane:


"Já que colocam fotos de gente morta nos maços de cigarros, por que não colocar também:  
  • de gente obesa em pacotes de batata frita
  • de animais torturados nos cosméticos, 
  •  de acidentes de trânsito nas garrafas e latas de bebidas alcoólicas, 
  • de gente sem teto nas contas de água e luz, 
 
  • e de políticos corruptos nas guias de recolhimento de impostos?"

Cerimonial Desportivo

Recebi  e repasso, afinal a Copa do Mundo de 2014 está chegando.

O evento acontecerá nos dias 3, 4 e 5 de outubro próximo, é gratuito e tem vagas limitadas.
Você pode ver a programação aqui e clicar aqui para fazer sua inscrição.
Eu já me inscrevi e vou.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Imobilizado

Galera
Tropecei, cai e para me proteger machuquei o pulso. O braço está imobilizado e estou digitando com a canhota, o que não me é nada fácil.
Acho que sábado já conseguirei estar legal.
Abraços

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Mais uma vez a atuação do Mestre de Cerimônias

Aconteceu no último dia 05, no Centro de Convenções da Uenf, duas sessões de Colação de Grau de diversos cursos da Universo campus Campos dos Goytacazes.
Numa delas estava minha linda Karol que se formou Bacharel em Educação Física.
Uma cerimônia rápida, bonita e bem organizada.
As bandeiras estavam no lugar certo, à direita do palco e da mesa, no ordenamento correto também.

Nosso olhar crítico não poderia deixar passar, a exemplo do semestre passado, a postura da pessoa que ora atuava como Mestre de Cerimônias, ora como maestro de uma orquestra sem instrumento e, por fim, o que parecia ser um político pedindo votos.
A atuação como Mestre de Cerimônias, anunciando as diversas fases da solenidade, foi boa e não temos o que contestar. Apenas não achamos correto o uso de beca por parte dele.
O Mestre de Cerimônias deve usar roupas sóbrias e discretas.
O que mais discordamos foi a insistência de deixar o púlpito para ir instruir os formandos e exigir que, na hora da execução do Hino Nacional, todos teriam que colocar a mão no peito e também se virar para o local onde estavam as bandeiras.
 Pelas fotos podemos ver que a representante do curso de direito, sabiamente, não acolheu as instruções e até induziu o outro professor ao seu lado a também não aceitar.
Continuamos dizendo que não estão certas tais atitudes e destacamos novamente que, quem conhece a lei, como a que citamos acima, comportou-se conforme a lei exige e nós aqui sempre ressaltamos.
Por fim aquele que era Mestre de Cerimônias, deixou em seu lugar uma funcionária que para fazer a chamada dos novos graduados e ele passou a receber efusivamente aqueles que iriam à mesa receber seus canudos: beijinhos nas moças, aperto de mão e tapinha nas costas dos rapazes.
Por quê? Com qual finalidade? Qual a simbologia de tal ato? O que representa tal atitude no meio acadêmico ou no significado daquela cerimônia.
Alguém disse que poderia ser uma maneira de levantar o moral dos novos graduados. E quem disse que eles, principalmente naquele momento de glória, precisam de algo do tipo? Sem dúvida nenhuma é o momento em que o antigo aluno comemora uma vitória pessoal, saindo do recinto com uma graduação reconhecida por todos e onde não há qualquer "baixo astral".
Não conseguimos desvendar e não temos como trazer respostas.
Numa cerimônia de Colação de Grau, todas as atenções são para os formandos/graduados.
Depois deles, para os professores e para a maior autoridade: Reitor, diretor , coordenador...
Com sua atitude, ele parecida querer chamar a atenção de todos para si mesmo. Ele passou a ser observado por estar no caminho dos novos profissionais, parecendo ser uma grande autoridade, um alguém muito importante por quem os graduados deveriam  passar para chegar ao seu almejado canudo.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

VOCÊ SABE O QUE É UM PALÍNDROMO?

 Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário.
  
Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:

SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.

Um dos palíndromos mais antigos e conhecidos está em latim: "SATOR AREPO TENET OPERA ROTAS" (O lavrador diligente conhece a rota do arado"). Este é considerado um palíndromo perfeito, pois pode ser lido em qualquer direção, inclusive de cima para baixo ou de baixo para cima. Observe:
S A T O R
A R E P O
T E N E T
O P E R A
R O T A S

O maior palíndromo que se conhece é a palavra finlandesa "SAIPPUAKIVIKAUPPIAS", de dezenove caracteres, que significa "vendedor de soda cáustica". Já a palavra palindrômica mais extensa do nosso idioma é o superlativo de omisso, OMISSÍSSIMO.
Na construção de sentenças, versos e frases o exemplo tido como mais antigo do Brasil é: "ROMA ME TEM AMOR". Outros dois palíndromos que chamam a atenção pela extensão, são: "ME VÊ SE A PANELA DA MOÇA É DE AÇO MADALENA PAES, E VEM" e "LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL".

 Existem palíndromos em outros idiomas, além dos já citados em português e inglês, tais como:
- Palíndromo em sueco: "NI TALAR BRA LATIN" (Vocês falam bem latim.)
- Palíndromo em espanhol: "DÁBALE ARROZ A LA ZORRA EL ABAD" (O abade dava arroz à raposa.)
- Palíndromo em latim: "ROMA TIBI SUBITO MOTIBUS IBIT AMOR" (Em Roma o amor lhe virá de repente.)

Outras frases

O CÉU SUECO
A DROGA DA GORDA
A TORRE DA DERROTA
O GALO AMA O LAGO
O LOBO AMA O BOLO
RIR, O BREVE VERBO RIR
ASSIM A AIA IA A MISSA
A MALA NADA NA LAMA
SAIRAM O TIO E OITO MARIAS
A CARA RAJADA DA JARARACA
ANOTARAM A DATA DA MARATONA
A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA
ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ
O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO
LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

Com a colaboração da Gianna Barcelos e complementado com pesquisa em soportugues.com.br

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Olha o médico que não olha.

A amiga Beth me informa que tentou, na manhã de hoje, ser consultada por um oftalmologista no Hospital Ferreira Machado, mas não conseguiu.
Ela está com um problema em uma das vistas, já voltou três vezes ao hospital, mas a informação é de que o médico plantonista não está. Ela disse que pediu providências, reclamou, perguntou pelo médico, mas nada aconteceu.
Será que precisa ser amiga da prefeita Rosinha para que aguém tome uma atitude?

sábado, 3 de setembro de 2011

Cada qual no seu cada qual


Já tratamos em outra postagem sobre a diferença entre Mestre de Cerimônias e Apresentador ou Animador de auditórios.
Pensamos que cada um tem o seu espaço e sua importância, assim como cada evento deve ter um ou outro, claro, de acordo com o que se pretende realizar.
Estivemos ontem numa solenidade de Colação de Grau de uma amiga, levando nosso abraço fraterno  e não pudemos deixar de observar algumas coisas que não gostamos:

Primeiro:  a (des)ordem completamente equivocada de colocação das bandeiras, denunciando que quem as posicionou, não sabe que existe um ordenamento correto, regido por lei.
Em segundo lugar:  a presença de um animador de auditório que foi incumbido de exercer a função de Mestre de Cerimônias. Tanto é que para iniciar o evento já veio aquele famoso: “Boa Noite” como era de se esperar o público respondeu comedido, com poucos vozes e num tom razoavelmente baixo e compreensível para o momento.
E ele voltou com:  ... “tá fraco. BOA NOOOITE!!!”
Fez lá umas ou outras graças e parou para esperar o momento em que tudo estaria pronto para, aí sim, iniciar a solenidade. Dois ou três minutos depois começou a montar a mesa e fazer a chamada dos formandos.
Quando estudamos Cerimonial e mais especificamente a função e a atuação de um Mestre de Cerimônias, vemos que todos ensinam e todos concordam que a figura que conduz uma solenidade tem que ser OBRIGATORIAMENTE o mais discreto possível. Conheço quem diga que o bom Mestre de Cerimônias é igual a árbitro de futebol. É indispensável, mas quando ele aparece muito, está atrapalhando o evento em si.
O professor/animador/apresentador não lera antes os nomes dos formandos, procurando qual era a pronúncia correta dos nomes, não estudou/adaptou o roteiro e não se trajou a contento para o papel que iria desempenhar. Até mesmo no momento em que houve uma falha da empresa que lá trabalhava ele deu uma de Faustão dizendo algo do tipo: “Acontece quando é ao vivo.”
Uma cerimônia de Colação de Grau tem que ser conduzida de forma cerimoniosa. Isso não significa que o Mestre de Cerimônias tem que ser carrancudo ou ter comportamento de padre à moda antiga. Sobriedade, objetividade, imparcialidade e uma boa dose de bom senso, são características necessárias a quem atua nessa função, além da consciência límpida de que as autoridades presentes é que são importantes e que o foco desse tipo de evento são os formandos.
Numa festa de formatura, numa apresentação festiva, num concurso ou num tipo de evento que tem características eminentemente descontraídas, cabe perfeitamente a figura do animador ou do apresentador. O ambiente é festivo.
Solenidade vem de solene, cuja definição, segundo o dicionário Michaelis Uol é: Que se celebra com pompa em cerimônias públicas. 2. Que infunde respeito. 3. Enfático, sério. 4. Acompanhado de formalidades que a lei ou o costume impõem.
Verificando no mesmo dicionário:  ce.ri.mô.nia
s. f. 1. Forma exterior do culto religioso. 2. Pompas de uma festa pública; solenidade. 3. Normas que presidem ao trato entre pessoas bem educadas e não íntimas.

Vamos entender o que cada coisa significa e principalmente:  Cada um na sua!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Encontro Verde


O amigo Andral Tavares Filho comunica que está tudo confirmado para o evento que vai reunir os Verdes da Região. Trata-se do VI Encontro Estadual do Partido Verde que  começa hoje e vai até o próximo dia 04, no SESC Mineiro, em Grussai, na vizinha  cidade de São João da Barra.
   Esta é a programação:
02/09 - 20h - Recepção , credenciamento e coquetel com música ao vivo
03/09 - 8h - credenciamento
           9:30h - Abertura - apresentação da programação e formação da mesa principal(Gabeira, Eduardo jorge, ...)
          10:30h - parada para café
          10:50h - Debate
          12h - almoço
          13h  - Oficinas - Oficina 1 - Finanças, Jurídica e Organização 
                                  Oficina 2 - Comunicação, Mobilização e Eventos 
                                  Oficina 3 - Formação, Juventude e Mulheres
          16:30 - parada para café
          17h - Dinâmicas de grupo
          19h - fechamento dos trabalhos
 04/09 - 9h -  conclusão dos trabalhos
           10:30 - parada para café
           10:45 - Apresentação dos resultados obtidos em cada uma das oficinas
           12h - almoço
           13h - retomada dos trabalhos 
           14h - Conclusão das apresentações
           15h - Encerramento
           16h - Saída