quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Congresso com o tema “Mudanças climáticas globais: do gene à planta”

A Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal promoverá de 19 a 22 de setembro de 2011 a XIV Reunião Latino-Americana de Fisiologia Vegetal juntamente com o XIII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. O encontro ocorrerá no Hotel Atlântico Búzios, na cidade de Buzios, Rio de Janeiro.
O Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal é um evento bienal enquanto a Reunião Latino-Americana ocorre com intervalo de três anos.
Estaremos atuando na solenidade de abertura do evento na condição de Mestre de Cerimônias e vamos aproveitar o ensejo para observar (e palpitar) sobre a fiel observância do Cerimonial e do Protocolo.

O tema central escolhido para o Congresso será: “Mudanças climáticas globais: do gene à planta”.
Clique   aqui   para ter acesso à página oficial do evento.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

XII Congresso Internacional de Protocolo

Recebi o convite e estou repassando.




Clique na foto abaixo para acessar a página do evento.

E na bunada não vai dinha?

A desfaçatez de certos políticos continua impressionando: o governador Cid Gomes, aquele da torneira de ouro no palácio do governo, disse em reportagem de O Dia que os professores não deviam querer salário para trabalhar.
Na reportagem (aqui) o governador não disse se abriu mão de seu salário ou deixou de aceitar qualquer aumento dos proventos que receba na função que exerce.
Realmente cada um tem direito de ter a opinião que quiser, mas eu queria saber se uma filha ou um filho do governador, caso fosse professor da rede pública, receberia um conselho do pai: filho (a), trabalhe por amor e não por dinheiro.

domingo, 28 de agosto de 2011

Tauto o quê?

Para quem gosta da nossa língua pátria e ainda não conhece, o vídeo abaixo é, além de hilário, muito instrutivo.

sábado, 27 de agosto de 2011

A Bandeira e o Hino Nacional


Voltamos ao assunto por conta da recorrente controvérsia que há sobre o Hino Nacional e a Bandeira Nacional. Durante o último curso, percebemos que mesmo entre pessoas experientes na área de Cerimonial, há interpretações diversas. Vamos analisar:
A matéria é regida pela lei 5700 de 01/09/71 e é dela que precisamos extrair os pontos que servirão para dirimir as dúvidas.
Art. 30. Nas cerimônias de hasteamento ou arriamento, nas ocasiões em que a Bandeira se apresentar em marcha ou cortejo, assim como durante a execução do Hino Nacional, todos devem tomar atitude de respeito, de pé e em silêncio, o civis do sexo masculino com a cabeça descoberta e os militares em continência, segundo os regulamentos das respectivas corporações.

Destacamos do artigo acima o que entendemos que o legislador quer dizer:
·         durante a execução;
·         atitude de respeito, de pé


Algumas pessoas adotam colocar a mão sobre o peito na hora da execução do Hino Nacional; algumas pessoas se viram para onde estiver a Bandeira do Brasil neste momento; algumas chegam a fazer as duas coisas ao mesmo tempo.
Afirmamos que nenhuma dessas atitudes deve ser tomada, uma vez que a lei só manda que se tome a atitude de ficar de pé. Adotar atitude de respeito é não ficar de braços cruzados, não ficar sentado caso possa se levantar, etc. Não está dito para se tomar outra atitude. Realmente a lei não está vedando colocar a mão no peito ou se virar para a bandeira. Mas temos logo a seguir, preso ao artigo, a seguinte observação:
Parágrafo único. É vedada qualquer outra forma de saudação.
Entendemos que as atitudes referidas, que descrevemos como erradas, são uma forma de saudação que a legislação está vedando no parágrafo acima . Se não for assim, não há sentido em sua existência. Se não houvesse nenhuma restrição, bastaria parar no texto do artigo, sem nenhuma vedação.
Portanto, mesmo que se diga que se virar para onde estiver a Bandeira, ou levar a mão ao peito, é aceitável, queremos marcar nossa posição em contrário, por entendermos que, mesmo que não seja um desrespeito, é uma forma de saudação que está proibida pelo parágrafo único do Artigo 30.

  Uma outra grande polêmica acerca da execução do Hino Nacional, se refere aos aplausos que invariavelmente acontecem. Nós não recomendamos que ninguém aplauda, mas também não condenamos quem assim procede. Primeiro porque quem bate palmas, não deseja, de maneira nenhuma, manifestar qualquer forma de desrespeito. Quem assim age está, ao nosso ver, demonstrando  sinal de carinho e amor à pátria e reconhecendo a beleza de um símbolo que nos enche de orgulho. Em segundo lugar, não achamos que está errado aplaudir, porque a lei expressa que não deve haver saudação durante a execução do Hino, e, pelo nosso entendimento, quando alguém aplaude, a execução já foi encerrada e, portanto, não está ferindo a lei.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Erraram ou errei?

Acabei de fazer uma postagem com um tamanho razoável sobre Hino Nacional, Bandeira Nacional e algumas controvérsias sobre o assunto, mas não sei bem o que aconteceu, pois ao tentar editar para inserir uma foto, só a primeira parte ficou no ar.
Vou ter que começar quase do zero pois não consegui reverter.
Não sei se houve algum problema por parte do blogger ou se eu fiz algo de errado.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Foi bom ter ido; ótimo ter voltado

Desde o último dia 21 estivemos em Brasília, DF, participando de um concorrido curso de aperfeiçoamento em Cerimonial e Protocolo.
A renomada instrutora Gilda Fleury Meireles, sempre muito atenciosa e solícita, mostrou o porquê de ser sempre tão requisitada para os grandes eventos nacionais.

Não pude conhecer bem a Capital federal, por estar me faltando tempo (e uma conta mais recheada no banco também), mas visitei três shoppings e cheguei até Taguatinga, aproveitando o metrô.
O ar realmente é muito seco e a respiração fica um pouco prejudicada, principalmente na hora de dormir. Da cobertura do hotel onde se realizava o treinamento, o ar podia ser visto carregado, como se contivesse muita poeira.
O ponto mais alto foi conhecer pessoas tão diversas e legais como os participantes do curso e os integrantes do Instituto que ministrava o curso.
Havia gente bonita e bastante interessada. Pessoas que já trabalham no ramo e outras que estavam se iniciando na atividade. Gente boa que valeu ter conhecido e que espero rever e continuar mantendo contato.
Mais ou menos 1h30 de vôo Brasília-Rio, 4 horas de ônibus Rio-Campos e cheguei à casa, na madrugada, cansado, mas satisfeito tanto por ter ido quanto por estar "de volta pro meu aconchego".

Uma Ponte


P governo da China  inaugurou a ponte da baía de Jiaodhou, que  liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao. Construído em quatro anos, o colosso sobre o mar tem 42 quilômetros de extensão e custou o equivalente a R$2,4 bilhões.
Já o DNIT escolheu o projeto da nova ponte do Guaíba, em Ponte Alegre , uma das mais vistosas promessas da candidata Dilma Rousseff. Confiado ao Ministério dos Transportes, o colosso sobre o rio deverá ficar pronto em quatro anos. Com 2,9 quilômetros de extensão, vai engolir R$ 1,16 bilhões.
Intrigado, o matemático gaúcho Gilberto Flach resolveu estabelecer algumas comparações entre a ponte do Guaíba e a chinesa. Na edição desta segunda-feira, o jornal Zero Hora publicou o espantoso confronto númerico resumido no quadro abaixo:
 
Os números informam que, se o Guaíba ficasse na China, a obra seria concluída em 102 dias, ao preço de R$ 170 milhões. Se a baía de Jiadhou ficasse no Brasil, a ponte não teria prazo para terminar e seria calculada em trilhões. Como o Ministério dos Transportes está arrendado ao PR, financiado por propinas, barganhas e permutas ilegais, o País do Carnaval abrigaria o partido mais rico do mundo.
Corruptos existem nos dois países, mas só o Brasil institucionalizou a impunidade. Se tentasse fazer na China uma ponte como a do Guaíba, Alfredo Nascimento daria graças aos deuses se o castigo se limitasse à demissão.
fonte: veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes

Novo regresso.

Apesar de, nos últimos dias, ter estado no centro do país, estive desconectado da rede blogs. Eu me sentia como se estivesse fora do mundo. Não conseguia acessar nada.
Vou dar uma vasculhada na net, e já estou pensando em uma nova postagem sobre a estada em Brasília.

sábado, 20 de agosto de 2011

Um pouco de sorte



Para se ganhar um jogo é preciso jogar bem e também ter sorte. Pode até ser que a sorte somente, não faça alguém ganhar um jogo.
O tenista búlgaro Grigor Dimitrov jogava com  o espanhol David Ferrer e protagonizou um dos golpes mais inusitados da história do tênis.
Podemos ver que Dimitrov devolveu um saque e a bola ia claramente muito para fora.
A bola teimosa, certamente por causa do efeito empregado na devolução, tocou na fita indo para fora, mas caprichosamente desviou e caiu no lado de dentro da quadra onde deveria defender. Ponto ganho. O sortudo tenista fez o sinal de desculpas, como é de praxe nesse tipo de lance

Apesar de toda a sorte de Dimitrov, a partida terminou com vitória de Ferrer.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Cacofonia novamente

Encontramos e não pudemos deixar de trazer para este espaço, o divertido vídeo onde o cantor comete uma cacofonia de propósito e também a foto de uma propaganda de "biscoito".



quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Salvo pela gentileza!


Com a colaboração da amiga Djanane:

Conta-se que um empregado em um frigorífico da Noruega, certo dia ao 
término do trabalho, foi inspecionar a câmara frigorifica e inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso na camara. Bateu na porta com força, gritou por socorro mas ninguém o ouviu, todos já haviam saido para suas casas e era impossível que alguém pudesse escutá-lo. Já estava quase cinco horas preso, debilitado pela temperatura insuportável.
De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e o resgatou com vida.
Perguntaram ao vigia:
- Porque foi abrir a porta da câmara e a inspecionar se isto não fazia parte da sua rotina de trabalho?
Ele explicou: Trabalho nesta empresa há 35 anos, vejo centenas de empregados que entram e saem, todos os dias e esse é o único funcionário que me cumprimenta ao chegar, pela manhã, e se despede, ao sair.
Hoje ele me disse “Bom dia” ao chegar.
Entretanto não percebi que se despediu de mim.  Imaginei que poderia lhe ter acontecido algo. Por isto o procurei e o encontrei...
Pergunta: você seria salvo???

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Cerimonial no seminário de eficiência

Fizemos um comentário num blog mas achamos pertinente criar uma nova postagem sobre o assunto.
Trata-se da mesa oficial do encerramento do Seminário Eficiência na Gestão Pública, na noite deste sábado (13), no Teatro Municipal Trianon.
Analisando a foto sob o ponto de vista do cerimonial temos:
  1. é um evento local, promovido pela prefeitura em um recinto que pertence à municipalidade;
  2. temos como autoridades na mesa: prefeita, vice-prefeito, dois deputados federais, um secretário municipal e um presidente de instituição particular;
  3. para a composição da mesa, sob o prisma da ordem de precedência, dado o caráter do evento: 
Acima temos, ao nosso ver, a melhor composição da mesa de honra: a prefeita à direita do centro da mesa, seguida pelo deputado Federal Garotinho, como deferência por ser marido da prefeita, o vice-prefeito, o deputado federal Paulo Feijó, o Secretário de governo e o presidente da instituição.
Do jeito que estava, ou o Cerimonial da Prefeitura errou trocando algumas posições ou colocou de propósito o Deputado Garotinho como maior autoridade do evento.
Pode mesmo ter sido um erro, já que o deputado Feijó, que é federal, foi colocado na ordem de precedência após um secretário municipal. Se olharmos com maldade podemos até imaginar que a ordem estabelecida também foi proposital, por aspectos políticos que fogem às regras do Cerimonial. Mas nesse caso não temos competência para discutir.


sábado, 13 de agosto de 2011

Começou

Teve início na noite de ontem a programação alusiva ao aniversário de 18 anos da Uenf.
O show 'Chico Buarque - histórias de canções'. foi apresentado pelo escritor Wagner Homem e teve ainda a participação dos músicos Nicolo de Caro, Bruno de la Rosa, Suzana Villar e Paula Granello. O que mais me impressionou, além do ótimo repertório e da conhecida perspicácia  de Chico Buarque, foi a semelhança do timbre de voz do cantor Bruno com a do autor.
Muito bom o show

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Cacofonia novamente

Cacofonia...
Esse tema já foi objeto de uma postagem anterior, mas como é sempre atual, voltamos a abordar o assunto:
É um vício de linguagem.
Acontece quando a junção de duas palavras resultam um "som desagradável", por formarem outra palavra muitas vezes semelhantes a um palavrão ou uma coisa engraçada ou pejorativa.
Alguns chegam a dizer que ocorre somente quando se junta a última sílaba de uma palavra com a primeira de uma outra (ex: uma mala), mas vamos mostrar exemplos fora desse tipo de junção.

"Uma mala é mais do que um simples saco.
                                                               Uma mala tua vale menos que uma minha"

"Entre a Russia lançar um missil ou Cuba lançar, eu prefiro ver Cuba lançando

Quando falamos Cuba, não há nenhum problema; se falarmos: "Tem muitos moradores de Cuba fugindo do país.", nada há de errado, mas se falarmos como nos exemplos acima:
Cuba_lançar ou Cuba_lançando, os sons não ficam muito bem.

E voce se lembra quando o nosso presidente Lula visitou um país chamado Gana?
Na foto ao lado podemos ouvir alguém lendo: Lula engana

Outros exemplos: 


  • Quando alguém liga para voce, mas percebe que ligou para um número errado, ao se desculpar, diz: "Desculpa então." Qual é o som que fica quando a pessoa fala de forma rápida? "Discup intão"
  •  Muito se comenta, e nós nem precisaremos comentar sobre um episódio de um jogo de futebol entre Brasil e Coreia, onde alguém comentou: - "Fabio Conceição pediu a bola e Cafu deu." 
  •  Dona Maria está passando a receita de uma carne quando alerta: - Não pode colocar alho inteiro. Tem que picar alho sempre."  Também sem nossos comentários.
  • Duas pessoas conversam quando uma pergunta à outra se ela foi ver os shows de um determinado evento, acontecido nos últimos dias, quando a outra responde:  - " Eu não fui dia nenhum." O cacófato é justamente quando alguém ouve da conversa: Não fuidia...
E ainda temos a famosa musiquinha "O Cume"




No alto daquele cume
Plantei uma roseira
O vento no cume bate
 A rosa no cume cheira

Quando vem a chuva fina
Salpicos no cume caem
Formigas no cume entram
Abelhas do cume saem



Quando vem a chuva grossa
A água do cume desce
O barro do cume escorre
O mato no cume cresce

Então quando cessa a chuva
No cume volta a alegria
Pois torna a brilhar de novo
O sol que no cume ardia







VI Encontro Estadual do PV

O Andral Tavares, Presidente local do PV, comunica a programação do VI Encontro Estadual do Partido Verde, que acontecerá nos próximos dias 02, 03 e 04 no SESC Mineiro de Grussaí em São João da Barra.


PROGRAMAÇÃO:

02/09 - 20h - Recepção , credenciamento e coquetel com música ao vivo

03/09 - 8h - credenciamento
           9:30h - Abertura - apresentação da programação e formação da mesa principal
          10:30h - parada para café
          10:50h - Debate
          12h - almoço
          13h  - Oficinas - Oficina 1 - Finanças, Jurídica e Organização 
                                    Oficina 2 - Comunicação, Mobilização e Eventos 
                                    Oficina 3 - Formação, Juventude e Mulheres
          16:30 - parada para café
          17h - Dinâmicas de grupo
          19h - fechamento dos trabalhos

 04/09 - 9h -  conclusão dos trabalhos
             10:30 - parada para café
             10:45 - Apresentação dos resultados obtidos em cada uma das oficinas
             12h - almoço
             13h - retomada dos trabalhos 
             14h - Conclusão das apresentações
             15h - Encerramento
             16h - Saída

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Show Chico Buarque - histórias e canções nesta sexta

Nesta sexta, 12/08, apartir das 21 horas, a UENF dá início à comemoração de seu aniversário de 18 anos, com o show  'Chico Buarque - histórias de canções'. (clique para mais detalhes)

O show é gratuito e os comentários de quem já viu são excelentes, fazendo com que os organizadores esperem que o Centro de Convenções da Uenf fique pequeno para o público interessado.

A programação prossegue no dia 15 e será encerrada no dia 16 próximo, às 15 horas também no Centro de Convenções com uma Cerimônia comemorativa, onde serão prestadas diversas homenagens a alguns servidores já aposentados (Professores e Técnicos) que ajudaram a construir a Uenf. Uma das homenagens será a entregue da Medalha Darcy Ribeiro à professora Zuleima de Oliveira Faria.

Justiça obriga órgãos públicos a nomear aprovados em concursos

Do ururau.com.br

Reprodução
Para ministro, a administração pública deve respeito incondicional às regras do edital
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (10/10), por unanimidade, que as pessoas aprovadas em concurso público têm o direito de ser nomeadas nas vagas abertas por concurso público (com exceção do cadastro de reserva). A decisão foi sobre um caso específico em Mato Grosso do Sul, mas será aplicada em todo o país, porque o caso tinha o status de repercussão geral.

O estado alegava que o candidato não tem direito certo de ser nomeado, apenas uma expectativa de que isso aconteça. E que isso serve para preservar a autonomia da administração pública para decidir se a nomeação é útil ou não. No entanto, o relator, ministro Gilmar Mendes, considerou que a administração pública está vinculada ao número de vagas previstas no edital.

Mendes considerou que as vagas previstas em edital já pressupõem a existência de cargos e a previsão de lei orçamentária. “Entendo que o dever de boa-fé da administração pública exige o respeito incondicional às regras do edital, inclusive quanto à previsão das vagas no concurso público”, disse o ministro, que acrescentou que a única liberdade da administração pública é decidir quando o candidato será nomeado, dentro do prazo de validade do concurso.

Para o relator, apenas situações excepcionais justificam a não nomeação, como fatos importantes e imprevisíveis posteriores à abertura do edital, como crises econômicas, guerras e fenômenos naturais que causem calamidade pública.

De acordo com o advogado, Cláudio Andrade, entende-se que a Lei já estaria valendo e para aqueles que estão em situação de aguardo da chamada de qualquer concurso o caminho seria procurar a empresa responsável pela realização do mesmo e provocar uma resposta. Caso a empresa, seja ela publica ou privada se mantiver firme na decisão de convocar um número de aprovados abaixo do oferecido no edital, os concurseiros deverão então juntar a decisão do supremo e entrar em juízo, ciente de que pelas morosidades processuais, tal decisão não será imediata.
Agência Brasil

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Acidente na estação

Um acidente do tipo "cinematográfico" aconteceu há pouco no início da Av. 28 de Março, perto da Estação Leopoldina.
Segundo depoimentos de quem estava no local, estava chovendo bastante na hora e o veículo não teria conseguido fazer a curva, tendo voado literalmente, só parando na árvore; um homem teria saido com um sério sangramento na testa.
Analisando rapidamente o local, não conseguimos ver marcas de freios ou derrapadas, o que reforçou a tese do carro ter "voada" em direção a árvore que o deteve.


terça-feira, 9 de agosto de 2011

A explicação do João

O blog joaodomicrofone nos traz uma das explicações para nós termos sido obrigados a pagar (o município pagou com  dinheiro do povo) por um show em comemoração ao aniversário da Rádio Difusora:
A prefeitura bancou o show e ganhou mais um tempo para fazer mais propaganda ainda de sua (má) administração.

Barbosa Lemos, dono da Rádio ganhadora do presente, apoiou substancialmente a campanha de Rosinha para a Prefeitura. Hoje tem várias pessoas suas, empregadas nas empresas terceirizadas que prestam serviços ao município. Conseguiu colocar também um irmão seu na condição de Secretário de Justiça e que hoje somente ocupa ainda tal posto pela obrigação da garotinha em "retribuir" seu apoiador.

E em termos de veículos que passam a ser usados como instrumento de propaganda, temos o jornal (quase) oficial, a folha, o programa matinal universitário que recebe rotineiramente defensores dos "inhos" e a Rádio do apoiador agora com um espaço novo.  Deve ter mais; eu é que não sei.

Parece que tem mais propaganda do que ação.

Encontro no Sudeste

Recebi ontem e divulgo o convite:
Achei estranho o pouco tempo que há para que as pessoas interessadas (como eu) se programem para participarem do evento, já que normalmente existem afazeres diversos, previamente agendados e de ontem,  08, até o dia  25, tem somente 17 dias.
Para outras informações, acesse o site do CNCP.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Avisos

Esta estou pegando emprestado do Blog Cascateando.
São várias frases que apresentam possibilidade de dupla interpretação, pela forma pouco cuidadosa com que as palavras foram colocadas, e sendo a língua portuguesa um de nossos assuntos preferidos, aí vão: 

Estes avisos paroquiais foram fixados nas portas de igrejas. Todos eles são reais, escritos com boa-vontade e má redação.

AVISOS AOS PAROQUIANOS
  • Para todos os que tenham filhos e não sabem, temos na paróquia uma área especial para crianças.

  • O torneio de basquete das paróquias vai continuar com o jogo da próxima quarta-feira. Venham nos aplaudir, vamos tentar derrotar o Cristo Rei!

  • Quinta-feira que vem, às cinco da tarde, haverá uma reunião do grupo de mães. Todas as senhoras que desejem formar parte das mães, devem dirigir-se ao escritório do pároco.


  • Na sexta-feira às sete, os meninos do Oratório farão uma representação da obra Hamlet, de Shakespeare, no salão da igreja. Toda a comunidade está convidada para tomar parte nesta tragédia.

  • Prezadas senhoras, não esqueçam a próxima venda para beneficência. É uma boa ocasião para se livrar das coisas inúteis que há na sua casa. Tragam seus maridos!


  • Assunto da catequese de hoje: Jesus caminha sobre as águas.
       Assunto da catequese de amanhã: Em busca de Jesus.


  • O coro dos maiores de sessenta anos vai ser suspenso durante o verão, com o agradecimento de toda a paróquia.

  • O mês de novembro finalizará com uma missa cantada por todos os defuntos da paróquia.

  • O preço do curso sobre Oração e Jejum não inclui as refeições.

  • Por favor, coloquem suas esmolas no envelope, junto com os defuntos que desejem que sejam lembrados.

 
Mais uma enviada pelo amigo Clodoaldo!

Aos Mestres de Cerimonias

O Portal do Cerimonial está promovendo um evento que deve atrair muitos profissionais que atuam como Mestres de Cerimônias.
Trata-se de uma Convenção dos Mestres de Cerimônias do Brasil que acontecerá na cidade maravilhosa, no período de 7 a 9 de setembro.
O local escolhido será o Centro Cultural Solar de Botafogo que fica na Rua General Polidoro, 180 - Botafogo - Rio de Janeiro.
 
Voce pode conferir a programação e ter outras informações aqui.
Pela competência e pelo dinamismo do Professor Marcelo Pinheiro, vai bombar. 
Esperamos participar do evento e conclamamos todos aqueles que atuam como Mestres de Cerimônias para que tentem participar, a fim de que cada um possa dar sua contribuição visando a melhoria das condições de trabalho, a profissionalização e o reconhecimento da atividade, a elucidação de muitas dúvidas  e uma pluralização de visões acerca do assunto.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Fiscalização do Executivo

O vereador, por exercer a fiscalização dos atos do Executivo, tem o direito de pedir informações ao prefeito. E este (o prefeito) tem o dever de prestá-las, sob pena de ser responsabilizado por violar o artigo 5º, inciso XXXIII, da Constituição Federal. Com este entendimento, a 22ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou ao prefeito do município de Dezesseis de Novembro que apresente as informações solicitadas pela Câmara de Vereadores.

O juiz Luís Antônio de Abreu Johnson, concedeu a liminar com base no parecer do Justiça Belmiro Pedro Welter, que sustenta que "o prefeito não tem o direito de sonegar informações ou de prestá-las quando quiser, e sim dentro do prazo de 15 dias, como determina o inciso XIV, do artigo 77, da Lei Orgânica do Município de Dezesseis de Novembro."

Na segunda instância, em decisão monocrática, o desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro concluiu: ‘‘A autoridade coatora (Prefeitura) exerce função ligada ao cumprimento da norma constitucional, não lhe assistindo o direito de inviabilizar as informações pretendidas pelo edil, que é eleito pelo povo.’’

Estes são trechos retirados da postagem do blog do Andral e se referem ao Município de Dezesseis de Novembro, no estado do Rio Grande do Sul. Seria bom que nossos edis, e outras autoridades, lessem coisas assim, já que quando os pedidos são feitos, não são atendidos em nossa cidade.
Aqui, como lá, a oposição "raivosa" não consegue desvendar os mistérios da administração sigilosa e, de cá, sequer temos o direito de saber quem realmente dá as ordens. A Administração Municipal silencia sempre que possível; quando acuados colocam seus fieis escudeiros nos jornais e rádios alugados para dar desculpas esfarrapadas; na Câmara a tropa sem elite dos apoiadores do Governo passa por cima e como já dizia Chico Buarque "A gente vai levando"

Leia a postagem completa aqui.